Zara e Camboja, uma triste realidade.

a61Zara e Camboja, uma triste realidade.

 

Fui na Zara esse finde e me impressiona sempre como são baratas as roupas. Indo provar uma blusa, vejo na etiqueta que foi produzida no Camboja. Eu fui no Camboja recentemente. Pessoas amputadas, devido as mais de 3 milhões de minas explosivas terrestres que foram instaladas durante quase 30 anos de conflito entre o governo do Khmer Vermelho e os diversos outros governos, a falta absoluta de sistema de saúde e pobreza enorme, fazem centenas de pessoas nessa situação rastejarem no chão suplicando por 1 cent de dólar aos pés dos turistas. Sem exageros.

 

Pela situação péssima de todo o país, é fácil pensar em trabalho escravo rolando por lá, o dinheiro deles não vale quase nada, se chama Riel, mas todo mundo só trabalha com dólar americano no dia a dia, não há muitas regras de trabalho como se pode imaginar.

É muito abstrato quando o sofrimento é nos outros, não é? Enquanto a dor não é na nossa pele, ou nas dos nossos queridos, tudo soa muito distante, como se não existisse. Mas existe, eu vi a pobreza do povo de perto, e não sei se consigo ainda ficar feliz em achar uma blusa que vestiu bem e está bem baratinha.

A mudança começa em nós.

 

Zara e Camboja, uma triste realidade. Fim. =)

Anúncios